16:56 16 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Soldados do exército da Síria perto da cidade de Kessab na fronteira sírio-turca

    Americanos deveriam ser expulsos da Síria, opina analista

    © Sputnik / Iliya Pitalev
    Oriente Médio e África
    URL curta
    10211

    Segundo o especialista militar russo Igor Korotchenko, o exército sírio deve intensificar os combates pelas províncias não controladas por Damasco como uma forma de responder à implantação do sistema antimísseis norte-americano.

    Os sistemas americanos já foram implantados em diversas cidades ao norte da Síria, inclusive a instalação de 3 radares em Tal Baidar, Ayn al Arab e Sarrin e 13 outros radares portáteis e fixos, segundo afirmou o ex-comandante sírio Fayez Esmer ao jornal turco Yeni Safak.

    A atual situação demonstra que o exército sírio necessita de mais esforços para retomar o controle das províncias do norte, segundo Korotchenko, que ainda considera as ações dos EUA como "ilegais e violadoras do direito internacional" e que Washington não fará concessões para solucionar os problemas, sendo necessária a expulsão dos americanos pelo exército sírio.

    Anteriormente, o ex-secretário de Estado dos EUA Rex Tillerson declarou que o país estaria disposto a cooperar com a Rússia para alcançar a estabilidade na Síria, mencionando ainda a criação de zonas de exclusão aérea, controle do regime de cessar-fogo e ajuda humanitária coordenada. No entanto, a informação pedida pela Rússia relativa às afirmações sobre zonas de exclusão aérea ainda não foi confirmada pelos EUA, segundo o chefe da diplomacia russa, Sergei Lavrov.

    Mais:

    Irã promete ajudar a Síria no desenvolvimento de armamento
    Ministro do Irã critica os EUA e promete ajudar Assad a reconstruir a Síria
    Síria nunca usou e nem usará armas químicas, garante embaixador sírio na Rússia
    Tags:
    combate, radares, sistema antimísseis, EUA, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik