02:40 21 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Os navios iranianos fazem parte nas manobras no estreito de Ormuz (Uma foto de arquivo)

    Irã tomará 'medidas' se países violarem a lei no estreito de Ormuz

    © AFP 2018 / EBRAHIM NOROOZI / JAMEJAM ONLINE
    Oriente Médio e África
    URL curta
    7201

    Na terça-feira (28), o conselheiro da Arábia Saudita para a Energia disse que se o Irã fechar o estreito de Ormuz o Conselho de Segurança da ONU provavelmente autorizará uma ação militar.

    "Graças à Marinha da Guarda Revolucionária, os países hostis estão preocupados diante do cruzamento do estreito de Ormuz", disse à IRNA o comandante do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica, general-major Mohammad Bagheri na quarta-feira (29).

    Além disso, o oficial observou que no ano passado os países obedeceram às leis internacionais, mas se eles descumprirem as leis, eles podem vir a encarar confronto e medidas restritivas.

    "Eles seguiram as leis internacionais no ano passado, mas se violarem as leis, eles vão encarar confronto e nossas medidas de controle", acrescentou.

    Anteriormente, o Irã ameaçou bloquear o estreito de Ormuz, cortando a principal rota de transporte de petróleo, em resposta a qualquer ação hostil dos EUA.

    No início de maio, Trump anunciou a saída de Washington do Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA, na signa em inglês), prometendo restabelecer sanções anti-iranianas, incluindo aquelas que impedem outros países de fazer negócios com a República Islâmica.

    Mais:

    Guarda Revolucionária: Irã tem pleno controle do golfo Pérsico e estreito de Ormuz
    Irã promete ajudar a Síria no desenvolvimento de armamento
    Ministro do Irã critica os EUA e promete ajudar Assad a reconstruir a Síria
    Irã espera que UE seja capaz de garantir exportações de petróleo após sanções dos EUA
    Tags:
    bloqueio, leis, países, medidas de resposta, Guarda Revolucionaria do Irã, Conselho de Segurança da ONU, Estreito de Ormuz, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik