20:22 16 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Forças de segurança fogem após a segunda explosão durante uma série de atentados em Cabul, no Afeganistão

    Vários mísseis são disparados em Cabul em meio ao discurso presidencial (VÍDEO)

    © AP Photo / Massoud Hossaini
    Oriente Médio e África
    URL curta
    143

    Vários mísseis dispararam nesta terça-feira (21), na capital afegã durante o pronunciamento do presidente do país, Ashraf Ghani por ocasião das celebrações do festival muçulmano Eid al-Adha, comunicou a mídia local.

    De acordo com a emissora TOLOnews, o ataque ocorreu aproximadamente às 9h (às 1h30 do mesmo dia em Brasília).


    Os mísseis foram disparados no palácio presidencial e na Zona Verde, distrito governamental do país, que abriga embaixadas de vários países. 

    Anteriormente, o presidente afegão Ashraf Ghani propôs ao movimento Talibã (proibido na Rússia e em vários outros países) o regime de cessar-fogo de três meses. 

    Por sua vez, o líder supremo do movimento, xeique Haibatullah Akhundzada, afirmou que a luta contra o governo afegão vai continuar, segundo representantes do Talibã.

    Por enquanto, não há informações sobre vítimas do ataque. Além disso, nenhuma das organizações reivindicou a responsabilidade do ato.

    O Afeganistão tem passado por grave turbulência política e social, tendo sido palco de confrontos entre as forças do governo e vários grupos terroristas, incluindo o Daesh (proibido na Rússia e em vários outros países) e o movimento radical Talibã.

    Mais:

    Frustrado com resultados, Trump estaria considerando 'privatizar' a Guerra do Afeganistão
    Nova unidade americana de treinamento expõe velhos problemas no Afeganistão
    'Sistema ganancioso e controlador' impulsiona ocupação implacável dos EUA no Afeganistão
    Tags:
    explosão, Ashraf Ghani, Cabul, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik