06:33 19 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Exército sírio vigia a região de Qalamoun, Síria (foto de arquivo)

    Deputado sírio: preparo para operação em Idlib decorre em todos os níveis

    © AFP 2018 / LOUAI BESHARA
    Oriente Médio e África
    URL curta
    2190

    O deputado sírio Muhannad al Haj disse à Sputnik Árabe que o governo sírio está se preparando para a operação em Idlib em todos os níveis: tanto no campo de batalha, como à mesa de negociações.

    As unidades militares foram concentradas na fronteira com essa província, e agora, em coordenação com os aliados russos e iranianos, está se elaborando o plano detalhado da operação futura.

    "As forças aéreas síria e russa estão recolhendo inteligência sobre as posições dos terroristas da Frente Fatah al-Sham, que têm sido reforçadas significativamente nos últimos 4 anos. Depois, os dados obtidos são registrados com exatidão, isso é um trabalho importante, porque em Idlib moram muitos civis, e não se pode errar as coordenadas. Entretanto, as autoridades sírias continuam o trabalho para uma resolução pacífica, para que mais militantes larguem as armas e voltem à vida pacífica. Está se efetuando a preparação da abertura de um corredor humanitário perto de Abu al-Duhur. Os civis poderão ir para áreas seguras que estão sob controle do Exército sírio", disse o deputado sírio.

    Está se realizando também a preparação ao nível político, assim, "a posição de Ancara se tornou mais leal em relação às ações do governo sírio. Em muito, para isso contribuíram os problemas nas relações entre a Turquia e os EUA".

    "As Forças Democráticas Sírias sofreram uma derrota nas suas tentativas de conquistar o poder no norte da Síria graças ao Exército. Os militares devolverão todos os territórios sírios ao controle do governo. No país não restarão estruturas militares armadas, excluindo o exército e o Ministério do Interior. Na Síria não haverá divisão nenhuma. Uma parte dos curdos aspira à separação, mas isso não acontecerá", disse o deputado sírio Muhannad al Haj à Sputnik Árabe.

    A maior parte da província de Idlib continua sendo controlada por rebeldes e pelos membros do agrupamento Tahrir al-Sham, enquanto o Daesh, organização terrorista proibida na Rússia, também possui células dormentes na área.

    Mais:

    Lavrov: secretariado da ONU proibiu secretamente que organização ajude a reconstruir Síria
    Piloto de helicóptero russo revela como era combater terroristas na Síria
    Daesh teria atacado forças estadunidenses em Deir ez-Zor, na Síria
    Terroristas na Síria estão se preparando para 'guerra sem território', diz politólogo
    Tags:
    resolução pacífica, Exército, Força Aérea, Rússia, Turquia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik