04:56 09 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Soldados nigerianos em uma remota cidade no estado de Borno, nordeste do país.

    Terroristas matam pelo menos 19 em Guzamala, Nigéria

    © AFP 2019 / AFP/PIUS UTOMI EKPEI
    Oriente Médio e África
    URL curta
    2 0 0
    Nos siga no

    Militantes terroristas atacaram a aldeia de Mailari, na região de Guzamala, Nigéria, por volta das 2 horas da manhã do horário local, informou Reuters, citando testemunhas oculares.

    Sobreviventes locais disseram à Reuters que pelo menos 19 pessoas foram mortas, no entanto, algumas testemunhas apontaram o número de mortos em 63.

    Os militantes terroristas teriam sido vistos nos arredores da aldeia de Mailari três dias antes do ataque. Os moradores locais também teriam avisado as tropas nigerianas na cidade vizinha de Gudumbali, no entanto, nenhuma medida foi supostamente tomada.

    Segundo Reuters, os sobreviventes não conseguiram identificar os militantes, para afirmar se eles seriam insurgentes islâmicos nigerianos, Boko Haram, filiado ao grupo terrorista Daesh. No entanto, essa é a principal suspeita.

    Nigéria está sofrendo numerosos conflitos internos e atividades dos grupos militantes islâmico, mais proeminentemente da insurgência terrorista do grupo Boko Haram. A situação continua extremamente volátil, com ataques terroristas regulares e confrontos entre os islamitas e as forças do governo.

    Algumas províncias do nordeste do país enfrentaram recentemente um aumento dos ataques mortais dos militantes terroristas, o que pode forçar as pessoas a fugir da área.

    Mais:

    Enchente no norte da Nigéria causa estragos e mata pelo menos 44 pessoas
    Ataques de terroristas na Nigéria matam ao menos 31 pessoas
    Nigéria e Rússia anunciam acordo sobre usinas nucleares
    Policia atira contra manifestantes na Nigéria
    Boko Haram liberta 13 prisioneiros na Nigéria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar