05:51 13 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Manifestantes palestinos correm para se proteger de bombas de gás lacrimogêneo disparadas por soldados israelenses durante confrontos em Gaza (arquivo)

    Protesto na Faixa de Gaza tem 2 palestinos mortos e 241 feridos

    © AP Photo / Adel Hana
    Oriente Médio e África
    URL curta
    541

    Um protesto na Faixa de Gaza nesta sexta-feira (17) resultou na morte de 2 palestinos. 241 pessoas ficaram feridas.

    O protesto liderado pelo Hamas teve como objetivo chamar a atenção para o bloqueio israelense-egípcio, estabelecido após o grupo militante tomar o controle de Gaza em 2007. Além dos protestos, o Hamas atualmente realiza reuniões com autoridades egípcias no Cairo para uma possível trégua.

    Israel acusou repetidamente o Hamas de usar os protestos para cobrir ataques ao longo da fronteira do país com Gaza. As Forças de Defesa de Israel enfatizam que suas ações durante os protestos têm como objetivo defender as fronteiras israelenses.

    As tensões entre Israel e a Palestina perto da fronteira de Gaza vêm crescendo desde o final de março, que marcou o início da campanha de protestos da Palestina contra Israel, intitulada de Grande Marcha de Retorno. Mais de 160 palestinos foram mortos em confrontos neste período.

    No entanto, desde o início dos protestos, Israel e o Hamas chegaram a vários acordos de cessar-fogo temporários por meio da mediação egípcia.

    Mais:

    Mídia: Colômbia reconhece Palestina como Estado independente
    Israel liberta adolescente palestina ícone da resistência
    Palestina vai rejeitar EUA como mediador unilateral em negociações de paz no Oriente Médio
    Lei israelense que congela fundos à Palestina é 'declaração de guerra', diz porta-voz
    Tags:
    protesto, Forças de Defesa de Israel, Hamas, Faixa de Gaza, Palestina, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik