19:25 20 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Terroristas da frente Nusra (arquivo)

    Terroristas da Frente Nusra em Idlib rejeitam dissolução exigida por Ancara

    © flickr.com / coolloud
    Oriente Médio e África
    URL curta
    112

    Militantes da Frente Nusra rejeitaram a exigência da Turquia pela dissolução das unidades do grupo terrorista na província de Idlib, no noroeste da Síria, segundo o jornal sírio Al-Watan.

    A evolução veio depois que Ancara exigiu que os militantes da Frente Nusra se juntassem ao chamado "Exército Sírio do Norte", que está sendo formado pelos militares turcos.

    Além disso, a Turquia pediu aos terroristas estrangeiros que voltassem aos países de onde chegaram e se renderem às agências policiais de lá.

    O Al-Watan informou que Ancara também planeja usar a recém-criada Frente Nacional de Libertação, composta de vários grupos rebeldes, para expulsar os terroristas de Idlib.

    Na semana passada, o presidente sírio, Bashar Assad, estimou que a província de Idlib era o lar de "dezenas de milhares de terroristas", destacando que a província está entre as áreas de maior prioridade para as operações militares sírias.

    A declaração veio depois que uma fonte disse à Sputnik que o Exército sírio estava enviando equipamento militar e munição para as fronteiras da província de Idlib e se preparando para uma operação em grande escala para limpar a área de terroristas.

    Tags:
    Exército Sírio, Sputnik, Frente Nusra, Frente Nacional de Libertação, Al-Watan, Bashar Assad, Recep Tayyip Erdogan, Síria, Ancara, Idlib, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik