07:46 17 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Líder do principal partido de oposição do Zimbábue, Nelson Chamisa, se dirige ao público em seu último comício antes das eleições presidenciais de 2018.

    Candidato da oposição não aceita resultado da eleição no Zimbábue

    © AP Photo / Tsvangirayi Mukwazhi
    Oriente Médio e África
    URL curta
    3 0 0

    O candidato presidencial do Zimbabué, Nelson Chamisa, da oposição MDC Alliance, na sexta-feira, recusou-se a aceitar os resultados das eleições presidenciais do país.

    "Não estamos aceitando resultados falsos. Não estamos aceitando essa ficção. Queremos que um resultado adequado seja anunciado. Buscaremos todos os meios necessários, legais e constitucionais, para garantir a proteção do voto do povo", disse Chamisa, citado pela emissora SABC.

    O atual presidente do Zimbábue, Emmerson Mnangagwa, da União Nacional Africana-Patriótica (ZANU-PF), venceu a eleição com 50,8% dos votos. Chamisa ficou em segundo lugar com 44,3 por cento. O presidente do MDC, Morgan Komichi, prometeu contestar os resultados no tribunal.

    De acordo com os resultados finais das eleições parlamentares, o ZANU-PF ganhou a maioria absoluta no parlamento, com 144 cadeiras de 210. O seu principal opositor, a MDC Alliance, ganhou 64 assentos.

    Tags:
    fraude eleitoral, resultado, eleições, Nelson Chamisa, Zimbábue
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik