15:56 17 Fevereiro 2019
Ouvir Rádio
    Um artista pinta um mural gigante da ativista palestina Ahed Tamimi em parte da barreira de separação israelense, na Cisjordânia.

    Israel expulsará 2 artistas italianos após grafite na Cisjordânia

    © AP Photo / Nasser Nasser
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 33

    Autoridades israelenses estão deportando dois artistas italianos que desenharam um retrato de uma garota palestina em um muro de separação perto da cidade de Belém, segundo informa a assessoria de imprensa da polícia israelense.

    Os artistas foram presos na Cisjordânia por Israel ainda no sábado (28).

    "Como resultado da investigação realizada pela polícia de fronteira, o caso dos italianos foi transferido para a autoridade de imigração, onde a decisão foi tomada nas audiências para anular a autorização de permanência em Israel e dar-lhes 72 horas para deixar o país", afirmou a assessoria.

    Os italianos pintaram um gigantesco mural da adolescente palestina Ahed Tamimi, que foi detida por 8 meses após dar um tapa em um soldado israelense. Ahmed foi libertada neste domingo (29).

    Israel considera a barreira de separação da Cisjordânia, de cerca de 708 quilômetros, como uma medida antiterrorista, enquanto os palestinos denunciam o muro.

    Israel e Palestina disputam o controle da Cisjordânia e o status exato do território está no centro do conflito israelo-palestino, que já dura décadas. Parte de Jerusalém, reivindicada como a capital pelas duas nações, está localizada na Cisjordânia.

    Tags:
    deportação, Ahed Tamimi, Belém, Jerusalém, Cisjordânia, Israel, Palestina, Itália