06:06 22 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Departamento do Tesouro dos EUA em Washington

    EUA adotarão sanções contra Rússia, China e Europa por importação de petróleo iraniano

    © AP Photo / Jacquelyn Martin
    Oriente Médio e África
    URL curta
    14117

    O departamento do Tesouro dos EUA pretende aplicar sanções contra a Rússia e a China, bem como contra alguns países europeus, pela importação de petróleo do Irã, informou o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, durante audiência do comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Representantes norte-americana.

    "Pretendemos aplicar sanções contra eles [China], bem como contra a Rússia, Europa e outros, em função do petróleo iraniano", explicou o alto funcionário ao ser consultado por parlamentares sobre possíveis retaliações a Pequim pela compra de hidrocarbonetos de Teerã.

    Nesta terça-feira, o vice-presidente iraniano, Eshaq Jahangiri, afirmou que o Irã "vai vender tanto petróleo quanto puder" apesar dos esforços dos EUA de reduzir as exportações iranianas do mesmo.

    Em 8 de maio, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou sua decisão de retirar-se do acordo nuclear, que exige de Teerã manter um programa nuclear pacífico em troca do fim das sanções. Washington também decidiu reintroduzir medidas restritivas contra a República Islâmica. Outras nações signatárias do acordo não apoiaram a decisão dos EUA.

    Mais:

    Exportações de petróleo iraniano podem diminuir em 500 mil barris/dia com sanções nos EUA
    Senador americano reconhece ineficácia das sanções contra Rússia após visitar Moscou
    Novas sanções dos EUA contra Irã: ineficazes e até contraproducentes
    Irã diz que sanções de Trump são um 'tiro no pé dos EUA'
    Irã arranja forma de contornar as sanções de Washington
    Irã procura opções para diminuir impacto com o restabelecimento de sanções pelos EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik