00:58 17 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Soldados norte-americanos em centro da OTAN no Leste Europeu

    Moscou: Instabilidade no Oriente Médio é resultado de aventuras militares da OTAN

    © AFP 2018 / Petras Malukas
    Oriente Médio e África
    URL curta
    380

    A instabilidade na região do Oriente Médio é resultado de aventuras militares dos aliados da OTAN, disse a representante do ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova.

    "A OTAN, notando a instabilidade na região do Oriente Médio e no Norte da África, bem como as ameaças que vêm dela, e expressando preocupação com o crescimento do terrorismo internacional, parece não perceber o fato da situação ser resultado de aventuras militares de membros desta aliança", disse Zakharova.

    Além disso, Zakharova afirmou que Moscou considera os exercícios militares Sea Breeze, envolvendo tropas dos Estados Unidos e da Ucrânia, uma tentativa de desestabilizar a situação no Mar Negro.

    "Acreditamos que os exercícios são uma tentativa de provocar novas tensões. Neste caso, não apenas no sudeste da Ucrânia, mas no Mar Negro em geral", disse a diplomata.

    Zakharova alertou que a responsabilidade por possíveis consequências negativas das manobras recai sobre os países que envolvem a Ucrânia em "jogos perigosos" e que não param de acusar a Rússia de supostamente ameaçar a estabilidade regional.

    Os exercícios navais Sea Breeze começaram no dia 9 de julho na província ucraniana de Odessa e mobilizaram milhares de soldados de 19 países.

    Mais:

    OTAN em plena expansão: mais um país está prestes a entrar na Aliança
    OTAN quer livrar aliados do equipamento militar soviético?
    Chancelaria da Rússia chama OTAN de 'inútil'
    Trump causou mais danos à OTAN do que URSS e presidentes anteriores, diz ex-embaixador
    Trump: países da OTAN devem compensar EUA por seus gastos em defesa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik