21:17 22 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Forças norte-americanas montaram uma nova base em Manbij, na Síria.

    Comandante curdo alerta: Turquia será atacada se tentar invadir Manbij, na Síria

    © REUTERS / Rodi Said/File Photo
    Oriente Médio e África
    URL curta
    243

    Tropas turcas continuam patrulhando os arredores de Manbij, mas ainda não entraram na cidade. Ancara e Washington entraram em acordo sobre a retirada das unidades curdas na área, mas os turcos acusam os estadunidenses de violarem a tratativa ao permitir a substituição do YPG por conselhos populares com configuração curda.

    Comandante do Conselho Militar de Manbij e parte das Forças Democráticas da Síria de maioria curda, Helil Bozi disse à Sputnik Turquia que, se as forças turcas serão atacadas se entrarem na cidade.

    "Informações sobre a possível entrada de militares turcos em Manbij não são verdadeiras. De acordo com um acordo com os EUA, forças turcas patrulham a fronteira da cidade em frente a Manbij na área do rio Sajur. Por sua vez, as forças de coalizão estão patrulhando o Manbij", disse Bozi. "Recentemente nos reunimos com os representantes das forças da coalizão e eles prometeram garantir a segurança de Manbij e impedir que alguém entre no território. No entanto, no caso de uma situação imprevista, pretendemos resistir aos militares turcos", enfatizou.

    Na segunda-feira, a agência de notícias Fars informou que outros dois comboios de forças dos EUA chegaram nos arredores de Manbij, complementando três outras bases na área. A Turquia informou ter implantado seu sétimo comboio na área no fim de semana.

    A mídia turca acusou os EUA de substituir as milícias curdas, que haviam governado a cidade, pelo chamado "Conselho Local de Manbij", que supostamente consiste de membros pertencentes às mesmas milícias.

    Tags:
    Fars, Sputnik Turquia, Forças Democráticas da Síria, Conselho Militar de Manbij, YPG, Helil Bozi, Estados Unidos, Síria, Turquia, Manbij
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik