07:40 22 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Uma tocha em uma plataforma de produção de petróleo nos campos de petróleo de Soroush. Ao lado, uma bandeira iraniana (foto de arquivo)

    Irã procura opções para diminuir impacto com o restabelecimento de sanções pelos EUA

    © REUTERS / Raheb Homavandi
    Oriente Médio e África
    URL curta
    1130

    O governo iraniano está procurando formas de contornar as sanções dos EUA e suas consequências, informou a agência estatal. Irna. De acordo com o veículo, o presidente Hassan Rouhani se reuniu com os chefes dos poderes Legislativo e Judiciário para discutir medidas destinadas a se preparar para possíveis sanções e "impedir seu impacto negativo".

    Entre as medidas listadas, está a busca pela auto-suficiência em gasolina. O governo e o Parlamento do Irã já criaram uma comissão encarregada de encontrar compradores para o petróleo iraniano depois que os EUA impuseram novamente as sanções contra o país, informou a Irna. Também trabalhará para encontrar formas de garantir pagamentos pelo seu petróleo de uma forma consistente com o direito internacional e que não aumente a corrupção.

    Os EUA se retiraram do acordo nuclear iraniano em maio de 2018, prometendo voltar a impor sanções contra o Irã em vigor antes do acordo ser alcançado em 2015. O secretário de Estado, Mike Pompeo, prometeu que as novas sanções serão as "mais duras" de todos os tempos. O Departamento de Estado recentemente advertiu os aliados dos EUA contra a compra de petróleo iraniano a partir de novembro.

    Teerã criticou a retirada dos EUA do acordo, dizendo que as medidas previstas não funcionarão sem a participação de Washington. Os demais signatários reafirmaram sua adesão, apesar da ameaça de sanções pelos EUA. Teerã também trocou toda a reserva de dólares americanos em seu território, recorrendo a outras moedas como o euro.

    Mais:

    Nike anuncia que não fornecerá calçados à Seleção do Irã devido as sanções dos EUA
    Conta vai chegar: sanções ao Irã elevarão barril do petróleo a US$ 90, diz banco dos EUA
    Analista explica como sanções dos EUA ao Irã ajudam os negócios da Rússia
    Veja lista de empresas europeias que ainda operam no Irã apesar das sanções dos EUA
    Chanceler do Irã critica Pompeo após ameaça de 'sanções mais pesadas da história'
    Tags:
    gasolina, petróleo, Parlamento do Irã, IRNA, Mike Pompeo, Hassan Rohani, Estados Unidos, Teerã, Irã, Europa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik