03:01 23 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Tanque israelense dispara contra a Faixa de Gaza (foto de arquivo)

    Israel garante que combatentes do Hamas vão pagar por 'terror e instabilidade'

    © AP Photo / Baz Ratner
    Oriente Médio e África
    URL curta
    452

    Os militares de Israel condenaram os combatentes do grupo Hamas, que controla a Faixa de Gaza, por ataque massivo a regiões do sul do país e avisaram que eles pagarão por "terror e instabilidade".

    Segundo informa a assessoria de imprensa do Exército de Israel, 12 projéteis reativos foram lançados nessa madrugada do território da Faixa de Gaza.

    No entanto, destaca-se que três deles foram interceptados pelos sistemas de defesa antiaérea Iron Dome (Cúpula de Ferro).

    De acordo com militares israelenses, o ataque foi iniciado depois de eles terem disparado contra um veículo de um dos combatentes do grupo Hamas, que realizou lançamentos repetitivos de balões bombas, causadores de incêndio na zona israelense da fronteira. Ao mesmo tempo, os alvos do bombardeio israelense correspondiam a dois postos de observação dos combatentes islamistas.

    "A organização terrorista Hamas iniciou simultaneamente ataques ao território de Israel a partir da Faixa de Gaza. O grupo terrorista Hamas assumirá responsabilidade pelas consequências de suas ações que provocam terror e instabilidade", advertem militares israelenses.

    Até o momento não foi divulgada nenhuma informação quanto a um ataque em resposta aos lançamentos vindos da Faixa de Gaza.

    Mais:

    Soldados de Israel recebem sistema de identificação 'amigo-inimigo'
    Israel ataca dezenas de alvos do Hamas na Faixa de Gaza (VÍDEO, FOTOS)
    Israel divulga FOTO, VÍDEO de seu último bombardeio contra posições do Hamas
    Tags:
    organização terrorista, terror, bombardeios, projéteis, ataques aéreos, Exército de Israel, Hamas, Faixa de Gaza, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik