21:29 20 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Cidade síria de Tanf, província de Homs, perto das fronteiras com Iraque e Jordânia

    Jordânia vai fechar fronteiras para refugiados sírios

    © AFP 2018 / LOUAI BESHARA
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 03

    Jordânia não quer receber os refugiados do sul da Síria e pretende fechar as fronteiras, declarou nesta terça-feira o ministro das Relações Exteriores do país árabe, Ayman Safadi.

    "Ao largo das nossas fronteiras não há refugiados. Não há um fluxo de pessoas se dirigindo para o interior do nosso território. As nossas fronteiras permanecerão fechadas. A ONU tem condições de apoiar as populações no âmbito das fronteiras dos respectivos países", escreveu Safadi em sua conta no Twitter.

    Segundo ele, Jordânia está dialogando com os vizinhos para evitar derramamento de sangue no sul da Síria, bem como para desenvolver uma solução política para a crise, com intuito de ajudar os refugiados no âmbito do território sírio.

    O chefe da diplomacia da Jordânia destacou que o seu país deseja ajudar os sírios, mas também pretende defender os interesses e a segurança nacionais.

    As regiões do sul da Síria fazem fronteira com Israel e com Jordânia e fazem parte das zonas de desescalada, formadas em julho de 2017 pela Rússia, EUA e Jordânia.

    Mais:

    FOTOS mostram suposta chegada de material bélico norte-americano à Jordânia
    OTAN lança projeto para fortalecer a Defesa da Jordânia
    Putin: Rússia e Jordânia têm motivos para melhorar cooperação bilateral
    CIA: amante judia secreta do ex-rei da Jordânia foi morta por seu filho ilegítimo (FOTOS)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik