06:03 20 Julho 2018
Ouvir Rádio
    A Torre Azadi e bandeiras iranianas em Teerã

    Representante iraniano: Teerã poderá sair do acordo nuclear nas próximas semanas

    © Sputnik / Sergei Mamontov
    Oriente Médio e África
    URL curta
    390

    O Irã poderá abandonar o Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA), também conhecido como acordo nuclear iraniano, nas próximas semanas, teria comunicado o vice-chanceler iraniano.

    Teerã tem afirmado ultimamente que continuará cumprindo o acordo nuclear apesar da recente decisão de Washington de abandoná-lo.

    De acordo com o canal Press-TV, o vice-chanceler iraniano, Abbas Araqchi, disse nesta sexta-feira (22), que não descarta a retirada do Irã do acordo nuclear nas próximas semanas.

    "O acordo iraniano está na Unidade de Terapia Intensiva; há possibilidade de o Irã sair do JCPOA nas próximas semanas"

    A afirmação surge após o chanceler iraniano, Mohammad Javad Zarif, ter escrito em um artigo na quarta-feira que Teerã iria voltar à mesa de negociações com os EUA se Washington observar o acordo de 2015, o qual requer que o Irã mantenha um programa nuclear pacífico em troca do alívio das sanções.

    Em maio, o presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou a retirada dos EUA do JCPOA apesar das organizações internacionais confirmarem que o Irã tem cumprido o entendimento.

    O Plano Integrado Conjunto de Ação (JCPOA) — foi acordado em 2015 pelo Irã e os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU — EUA, Rússia, China, França e Reino Unido — mais a Alemanha, o chamado P5+1.

    Mais:

    Irã: palavras não são suficientes para salvar acordo nuclear
    Crise sem fim: Irã descarta a possibilidade de conversar com Trump
    Tags:
    acordo nuclear, JCPOA, Ministério das Relações Exteriores do Irã, Abbas Araqchi, Mohammad Javad Zarif, EUA, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik