08:09 18 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Benjamin Netanyahu

    Aliado de Netanyahu invoca supremacia da 'raça judaica' para defender premiê

    © Sputnik / Aleksei Nikolsky
    Oriente Médio e África
    URL curta
    26817

    A "raça judaica" é a mais inteligente do mundo e possui o mais alto capital humano, então os israelenses deveriam ser céticos sobre as atuais investigações de corrupção no primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou um parlamentar do partido Likud.

    "Eu posso lhe dizer algo muito básico", disse Miki Zohar, durante um debate na Rádio 103FM na quarta-feira, como citado pelo jornal Times of Israel.

    "Você não pode enganar os judeus, não importa o que a mídia escreva. O público em Israel é um público que pertence à raça judaica, e toda a raça judaica é o capital humano mais alto, o mais inteligente, o mais abrangente", acrescentou.

    Citando pesquisas de opinião mostrando amplo apoio a Netanyahu, Zohar disse que as estatísticas mostram claramente que a "raça judaica" é esperta demais para ser enganada pela extensa cobertura da mídia sobre as múltiplas sondagens de corrupção.

    A tentativa um tanto desajeitada de defender o primeiro-ministro israelense imediatamente colocou o membro do partido no poder em uma situação delicada.

    A declaração alta sobre a supremacia judaica atingiu um nervo com Ahmad Tibi, um político árabe-muçulmano israelense e líder do movimento Movimento pela Mudança Árabe, que, no Twitter, acusou seu colega israelense de inventar sua própria teoria racial.

    "Um oficial eleito 'no Estado judeu' apresenta: teoria da raça", escreveu, junto com um retrato do Zohar.

    O político árabe então seguiu com um tweet dele lendo o livro de Amos Elon, "A Piedade de Tudo: Um Retrato da Época Judaica Alemã, 1743-1933", que descreve como uma pequena minoria passou a ser percebida como uma ameaça mortal à integridade nacional alemã.

    Zohar também usou o Twitter para rebater. 

    "E na contracapa há uma foto de Albert Einstein, outro judeu que trouxe grandes novidades para o mundo". De novo, o parlamentar árabe respondeu: "Qual é a conexão entre você e Einstein? Não é nem um relacionamento relativo".

    Em uma tentativa de sufocar as críticas e esclarecer o que exatamente ele queria dizer, Zohar deu uma entrevista para a Hadashot TV - mas só piorou o seu caso, negando que ele mencionou a supremacia da raça judaica, até que ele foi confrontado com uma gravação de sua declaração.

    "O povo judeu e a raça judaica são do mais alto capital humano que existe", ele então reiterou. "O que você pode fazer? Fomos abençoados por Deus [...] Eu não tenho que ter vergonha do povo judeu ser o povo escolhido; as pessoas mais inteligentes e especiais do mundo".

    Mais:

    Torcedor incomum: Pelo Twitter, Israel deseja boa sorte para inimigo Irã na Copa do Mundo
    General das IDF diz que Irã está planejando ataque contra Israel
    Mídia: Genro de Trump teria usado palavrões em briga com embaixador de Israel
    Tags:
    polêmica, antissemitismo, supremacia, raça judaica, judeus, Partido Likud, Ahmad Tibi, Benjamin Netanyahu, Miki Zohar, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar