01:45 20 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Presidente do Conselho Consultivo Islâmico (parlamento) da República Islâmica do Irã Ali Larijani.

    'Teerã não vai esperar para sempre por resposta da União Europeia a acordo nuclear'

    © Sputnik / Alexei Druzhinin
    Oriente Médio e África
    URL curta
    180

    Falando em uma sessão aberta da Assembleia Consultiva Islâmica, o presidente do Parlamento iraniano, Ali Larijani disse espera pelas decisões da Europa sobre o acordo nuclear. No entanto, ele também observou que o tempo está se esgotando, já que Teerã espera que a Europa tome uma decisão "de forma explícita e rápida".

    "O tempo para as negociações está se esgotando. Se a Europa se vê capaz de preservar o acordo nuclear, deve declarar sua posição mais cedo e mais claramente. Do contrário, a República Islâmica fará novos movimentos, tanto no campo nuclear quanto em outros assuntos", alertou Larijani em uma sessão do Parlamento.

    Larijani também criticou duramente o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, acusando-o de tentar persuadir as nações da UE a abandonar o acordo depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou que Washington abandonaria o tratado.

    "A próxima questão é a peregrinação do imundo primeiro-ministro do regime sionista em toda a Europa, tentando fazer com que a Europa siga os Estados Unidos ao abandonar o acordo nuclear", declarou Larijani, segundo o jornal Teerã Times.

    O iraniano, em termos igualmente ofensivos, reiterou as críticas iranianas a Trump por abandonar o principal tratado internacional.

    "[Trump comunica] tão ineptamente que parece que confundiu a arena política com a barganha do mercado de vegetais. Como ele pode esperar que alguém preste atenção em sua tagarelice sendo que desconsidera compromissos éticos e profissionais para facilmente violar o acordo nuclear, alcançado após vários anos de negociações? O mundo da política é um lugar para relações lógicas e cálculos, não para comportamento político grosseiro", disse.

    No último dia 3, a Press TV informou que o ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif, escreveu uma carta aberta a seus pares em vários países, exortando as nações europeias a enfrentarem o que ele chamou de "comportamento violador das leis, intimidação e desrespeito ao governo".

    No início do mês passado, a diretora de política externa da Comissão Europeia, Federica Mogherini, declarou que a UE está determinada a salvar o acordo nuclear, apesar da decisão dos EUA de se retirar.

    Tags:
    Press TV, Assembleia Consultiva Islâmica, Ministério das Relações Exteriores do Irã, Comissão Europeia, União Europeia, Ali Larijani, Donald Trump, Federica Mogherini, Mohammad Javad Zarif, Benjamin Netanyahu, Estados Unidos, Irã, Europa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik