08:27 20 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Forças afegãs após um ataque em Cabul

    Explosão ocorre perto de universidade da capital afegã, Cabul

    © REUTERS / Omar Sobhani
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 0 0

    Uma explosão ocorreu perto da Universidade Politécnica de Cabul, onde hoje decorria um encontro de clérigos, causando ao menos quatro mortos, informou o canal de TV TOLOnews.

    Segundo testemunhas, a explosão ocorreu quando os clérigos estavam saindo do edifício onde teve lugar a reunião. No encontro, os participantes condenaram o conflito atual no país.

    De acordo como o chefe da polícia local, citado pela agência AP, a explosão matou ao menos 4 pessoas. O explosivo foi ativado por um homem-bomba, segundo a polícia.

    "Conforme nossas informações preliminares, o ataque suicida ocorreu quando os convidados estavam saindo da sala" onde decorreu a reunião, por volta das 11h30 [4h00, horário de Brasília]", disse o porta-voz da polícia, Hashmat Stanikzai ao canal TOLOnews.

    Por enquanto, nenhuma organização assumiu a responsabilidade pelo atentado.

    Hoje de manhã, o conselho de clérigos, constituído por cerca de 2 mil líderes religiosos de todo o país, emitiu uma fatwa, pronunciamento legal no Islão, condenado os ataques terroristas como sendo proibidos pela lei do Islã. Os clérigos também apelaram ao governo e seus adversários, em primeiro lugar ao movimento Talibã (considerado terrorista na Rússia e em outros países), para que iniciem o diálogo.

    O Afeganistão permanece em grande instabilidade política e social, com as forças governamentais combatendo a contínua insurgência do Talibã e outros grupos radicais que operam no país.

    Mais:

    Oficial explica mudança de estratégia de Trump no Afeganistão
    8 pessoas morrem em explosões no leste do Afeganistão
    Tags:
    clérigo, mortos, ataque suicida, homem-bomba, explosão, Cabul, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik