15:48 24 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Míssil atravessando o céu sobre Damasco durante o ataque aéreo lançado pelos EUA e seus aliados.

    Pentágono relata morte de 499 civis em operações estrangeiras dos EUA

    © AP Photo / Hassan Ammar
    Oriente Médio e África
    URL curta
    316

    Um total de 499 civis perderam suas vidas em operações militares dos EUA no exterior no ano passado, de acordo com um relatório do Pentágono submetido ao Congresso.

    O Departamento de Defesa dos EUA "determinou que há dados confiáveis ​​de que cerca de 499 civis morreram e 169 ficaram feridos durante o ano de 2017", informou o relatório citado pela CNN.

    A publicação especificou se tratar das operações militares dos EUA no Iraque, Síria, Afeganistão e Iêmen.

    Ao mesmo tempo, assinala-se que não há informações sobre vítimas civis das ações dos militares dos EUA na Somália e na Líbia.

    Desde 2014, os EUA, liderando uma coalizão internacional, realizam operações contra os terroristas do Daesh no Iraque e na Síria.

    Os ataques da coalizão no Iraque são realizados em cooperação com autoridades iraquianas, mas os da Síria não são autorizados pelo governo de Damasco nem pelo Conselho de Segurança da ONU.

    Mais:

    Ataques dos EUA à Síria deixam 3 civis feridos, diz embaixador sírio na ONU
    Ataque na Síria foi realizado à noite para evitar vítimas civis, diz Exército francês
    Pentágono não tem confirmação de vítimas civis em ataque à Síria
    Pelo menos 6 civis se feriram durante ataque do Ocidente contra Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik