15:44 24 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Caça israelense F-15

    Israel ataca posições da Faixa de Gaza após ser bombardeado

    © AFP 2018/ JACK GUEZ
    Oriente Médio e África
    URL curta
    11139

    Segundo comunicados da mídia, a Força Aérea de Israel atacou alvos no sul da Faixa de Gaza depois dos bombardeamentos de morteiros do território do enclave.

    O Exército de Israel está atuando na Faixa de Gaza após os bombardeamentos dos palestinos, informa-se na declaração dos militares israelenses.

    "O exército da defesa de Israel agora está atuando na Faixa de Gaza. Isso tem relações com as explosões, que podem ser ouvidas daqui", relata a assessoria de imprensa do exército israelense.

    As mídias palestinas informam sobre ataques aéreos contra a base do grupo radical Jihad Islâmica, que é culpado por israelenses pelo lançamento de quase 60 granadas de morteiro.

    A agência de notícias palestina Safa disse que os aviões da Força Aérea de Israel lançaram ao menos sete mísseis contra a base da Jihad Islâmica na área sul do enclave.

    Os bombardeamentos palestinos, uns dos mais massivos durante os últimos quatro anos, não causaram vítimas israelenses. Os militares dizem que a maior parte das granadas foi interceptada com ajuda dos sistemas antiaéreos Cúpula de Ferro.

    Posteriormente, o exército israelense detalhou que a Força Aérea atacou 35 alvos na Faixa de Gaza, chamando os bombardeamentos do enclave os mais fortes durante os últimos quatro anos.

    Mais:

    Tanque israelense dispara contra dois palestinos que tentavam cruzar fronteira em Gaza
    Israel inicia construção de barreira subaquática na fronteira de Gaza
    Ataque do Exército de Israel contra alvos do Hamas em Gaza provoca 2 mortos
    Tags:
    bombardeamento, morteiros, militares, exército, Faixa de Gaza, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik