03:20 15 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Palestinian policemen loyal to Hamas stand guard as fuel tankers enter Gaza through the Rafah border between Egypt and southern Gaza Strip June 21, 2017.

    Egito abre passagem de fronteira de Gaza para muçulmanos durante o Ramadã

    © REUTERS / Ibraheem Abu Mustafa
    Oriente Médio e África
    URL curta
    261
    Nos siga no

    O Ramadã é o nono mês do calendário islâmico, durante o qual os muçulmanos praticam o jejum sagrado. Eles acreditam que durante este mês, os céus se abrem e Allah pode ouvir todas as suas orações.

    Na sexta-feira, o presidente egípcio, Abdel-Fattah al-Sisi, disse que os únicos meios da Faixa de Gaza para o mundo exterior permanecerão abertos durante todo o mês do Ramadã, permitindo a passagem dos palestinos.

    "Para aliviar o fardo de nossos irmãos na Faixa de Gaza, instruí as autoridades relevantes a abrir a porta da fronteira de Rafah durante todo o Ramadã", disse Al-Sisi em sua página no Facebook.

    A Faixa de Gaza tem sete passagens de fronteira conectando-a ao mundo exterior. No entanto, seis deles são controlados por Israel desde 2007.

    A sétima, a fronteira de Rafah, é controlada pelo Egito e é principalmente fechada devido a ameaças à segurança.

    Centenas de palestinos morreram desde o início de uma série de protestos de seis semanas que começou no dia 30 de março de 2018. As manifestações exigem que os refugiados palestinos e seus descendentes sejam autorizados a retornar ao que hoje é Israel.

    Eles também estavam protestando contra o bloqueio da Faixa de Gaza e a mudança da embaixada dos Estados Unidos de Tel Aviv para Jerusalém.

    Durante o Ramadã, as pessoas exercem a abstinência enquanto tentam desintoxicar-se espiritualmente, razão pela qual elas têm que se abster de relações sexuais durante o tempo de jejum. Além disso, não é permitido fumar ou beber entre o nascer e o pôr do sol. O jejum é um pilar obrigatório para os muçulmanos adultos.

    Mais:

    Israel realiza ataques aéreos contra alvos do Hamas na Faixa de Gaza
    Tanque israelense ataca posições palestinas ao sul da Faixa de Gaza
    Militares israelenses atacam posto do Hamas no norte da Faixa de Gaza
    Peru condena ataque israelense a Gaza
    'Terrível': ONU exige investigação minuciosa sobre massacre de Israel na Faixa de Gaza
    Turquia pede que Estados muçulmanos revejam laços com Israel em meio à violência em Gaza
    Número de palestinos mortos na Faixa de Gaza aumenta para 59
    Tags:
    ramadã, Faixa de Gaza
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar