04:29 14 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    O presidente dos EUA, Donald Trump, conversa com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, em Tel Aviv

    Netanyahu afirma que Trump 'está fazendo história'

    © AP Photo / Oded Balilty
    Oriente Médio e África
    URL curta
    A aventura da capital de Israel (89)
    9911

    O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, elogiou a "decisão corajosa" do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de mudar a embaixada americana em Israel de Tel Aviv para Jerusalém.

    Na recepção de gala oferecida pelo Ministério do Exterior de Israel, em Jerusalém, Netanyahu disse que a decisão de Trump "diz uma verdade simples, de que Jerusalém foi, é e sempre será a capital do povo judeu."

    "Este é um momento crucial, o presidente Trump está fazendo história, estamos profundamente gratos", disse o chefe do Governo israelita na presença de Ivanka Trump, filha do líder norte-americano, que amanhã vai presidir a cerimônia de abertura a nova embaixada

    Diplomatas de 33 países participaram da recepção.

    A maioria dos países da UE boicotou o evento, exceto Áustria, Hungria, República Tcheca e Romênia.

    Netanyahu pediu aos diplomatas estrangeiros que façam "a coisa certa" e mudem as suas embaixadas para Jerusalém.

    Trump tem quebrado o consenso da comunidade internacional, que em sua maioria não reconhece a cidade como a capital de Israel, porque sua parte oriental é ocupada pelos israelenses e aspira ser a capital de um futuro Estado palestino.

    Outros países, como Guatemala e Honduras, seguiram a iniciativa de Trump e também transferiram sua embaixada para Jerusalém.

    Tema:
    A aventura da capital de Israel (89)

    Mais:

    Embaixador palestino no Uruguai: transferência de embaixadas para Jerusalém é 'ilegal'
    Praça de Jerusalém perto da futura embaixada dos EUA será nomeada em homenagem a Trump
    Paraguai mudará embaixada para Jerusalém neste mês
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik