15:24 21 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Explosão provocada na entrada de prédio público de Jalalabad, no Afeganistão, neste domingo, 13 de maio

    Daesh reivindica autoria de ataque no Afeganistão

    © REUTERS / Parwiz
    Oriente Médio e África
    URL curta
    101

    O grupo extremista Daesh (proibido na Rússia, no Brasil e em diversos outros países) assumiu a responsabilidade pelo ataque realizado neste domingo na cidade afegã de Jalalabad, que deixou ao menos dez mortos e mais de 40 feridos, segundo o último balanço.

    De acordo com a AFP, a organização terrorista reclamou a autoria do ato através de um comunicado divulgado por sua agência de propaganda, a Amaq. 

    Mais cedo, homens armados provocaram explosões e trocaram tiros com as forças de segurança em um prédio do departamento de finanças da cidade. Em declarações à Agence France-Presse, Attaullah Khogyani, porta-voz do governo da província de Nangarhar, disse que o número de militantes envolvidos na ação foi na verdade oito, quatro a mais do que o anunciado mais cedo. Todos foram mortos.

    "Dois agressores foram mortos pela explosão do seu próprio carro-bomba. Seis agressores foram neutralizados pelas forças de segurança. Dez civis e agentes das forças de segurança morreram, e 42 ficaram feridos", afirmou Khogyani.

    Mais:

    Relatório da ONU aponta que helicópteros do Afeganistão mataram 36 pessoas em abril
    Por quanto tempo a missão da OTAN permanecerá no Afeganistão?
    Afeganistão é atingido por 2 explosões; há vítimas
    Tags:
    Amaq, Daesh, AFP, Attaullah Khogyani, Jalalabad, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik