17:08 06 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    554
    Nos siga no

    As Forças de Defesa Israelenses (FDI) anunciaram neste sábado (12) que a passagem de Kerem Shalom, a única aberta para mercadorias na fronteira entre Israel e a Faixa de Gaza, será fechada até que danos causados por manifestantes palestinos sejam reparados.

    "Devido à destruição de Kerem Shalom no lado palestino, o Ministro da Defesa, Avigdor Liberman, aprovou a recomendação de fechar a passagem. A travessia permanecerá fechada até que os danos causados pelos tumultos sejam reparados e reabrirão de acordo com uma avaliação da situação. A organização terrorista Hamas está prejudicando o bem-estar de Gaza", escreveram as Forças de Defesa de Israel no Twitter.

    ​Apesar das afirmações, a violência tem marcado a relação das FDI contra os manifestantes. Desarmados, dezenas de palestinos foram mortos a tiros desde o início das manifestações.

    Homens armados do Hamas carregam caixão de um de seus homens na Faixa de Gaza neste domingo (6).
    © AP Photo / Khalil Hamra
    Dezenas de palestinos foram mortos e centenas de outros ficaram feridos quando as forças israelenses reprimiram as manifestações.

    Espera-se que os protestos se intensifiquem ainda mais com a proximidade do Nakba em 15 de maio, data que marca o êxodo dos palestinos de suas casas como resultado da declaração de independência de Israel em 1948.

    Mais:

    Por que Israel conseguiu destruir sistema russo Pantsir S-1 na Síria? Analistas explicam
    Israel divulga imagens de bases iranianas atacadas
    Irã ameaça 'destruir por completo' maiores cidades de Israel
    'EUA e Israel de fato começaram guerra em duas frentes contra Irã'
    Tags:
    conflito israel palestina, Forças de Defesa de Israel (FDI), Avigdor Liberman, Kerem Shalom, Palestina, Faixa de Gaza, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar