02:41 17 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Polícia da República Democrática do Congo

    Congo tem 32 pessoas infectadas por ebola, diz OMS

    © flickr.com/ Bart Wursten
    Oriente Médio e África
    URL curta
    210

    O número de pessoas infectadas pelo vírus ebola na República Democrática do Congo aumentou para 32, afirmou a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta sexta-feira (11).

    O governo local declarou um novo surto do vírus ebola na área administrativa de Bikoro, na província de Equateur, na terça-feira, quando foram registrados 21 casos suspeitos de infecção.

    De acordo com o vice-diretor-geral da OMS, Peter Salama, 32 casos foram confirmados no país africano — e 18 deles foram fatais. Salama observou que a organização está preocupada com a situação no país e está se preparando o "pior cenário possível". 

    Também na sexta-feira, Salama disse à agência de notícias Anadolu que a OMS tem 300 mil vacinas contra o Ebola que podem ser enviadas para o Congo. 

    "É uma vacina experimental que tem que ser mantida entre 60 e 80 graus negativos. Mas, você pode imaginar que na região rural do Congo, onde não há eletricidade, não será fácil", afirmou o vice-diretor-geral da OMS.

    Ele também disse que há o risco de disseminação do ebola para nove estados vizinhos.

    O vírus ebola foi identificado pela primeira vez em 1970 no Congo, em uma aldeia perto do rio Ebola, que deu nome à doença. O último surto de ebola no país eclodiu em 2017, mas foi rapidamente contido devido ao alerta e esforços conjuntos do governo, da OMS e de outros parceiros internacionais.

    O maior surto de Ebola ocorreu na África Ocidental em 2014-2015, com mais de 11.000 pessoas mortas e cerca de 28.000 casos relatados.

    Mais:

    Rússia estabelece seu 'baluarte econômico' na África nas próximas décadas
    Ataque em mesquita na África do Sul deixa 3 mortos
    Primeiro país na África: Zimbábue legaliza maconha para uso medicinal e científico
    Estados Unidos estariam construindo nova base na África para 'ajudar países'
    Tags:
    Organização Mundial da Saúde, República Democrática do Congo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik