04:30 23 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Míssil sobrevoando a Síria, 10 de maio de 2018

    Parlamentar: ataque a Irã na Síria é ação planejada após saída dos EUA do acordo nuclear

    © REUTERS / Omar Sanadiki
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Israel e Irã trocam ataques aéreos (20)
    592

    Os ataques de Israel a posições iranianas na Síria são ações planejadas após os Estados Unidos terem saído do acordo nuclear iraniano, acredita o deputado russo, Leonid Slutsky.

    "Os ataques de Israel a posições iranianas na Síria são ações diretas e planejadas após a saída dos EUA do acordo nuclear, sendo mais um elo na cadeia de provocações israelense-estadunidenses contra o Irã", disse Slutsky, presidente do Comité de Assuntos Internacionais da Duma de Estado (câmara baixa do parlamento russo).

    Para o parlamentar russo, tais ações são muito destruidoras e minam a segurança na região.

    "Deste modo, Tel Aviv aumenta a ameaça de confrontação militar real com Teerã", afirmou o político, acrescentando que "escalada de histeria anti-iraniana é explosiva".

    O deputado sublinhou a importância de resolver todos os problemas na região sem aplicação de força, relembrando que o Plano de Ação Conjunto Global (também conhecido como acordo nuclear do Irã) foi criado para isso.

    Na noite passada, os militares de Israel relataram que as forças iranianas tinham lançado cerca de 20 mísseis desde o território sírio contra posições israelenses nas Colinas de Golã. Em resposta, a Força Aérea de Israel atacou instalações iranianas no território sírio.

    Segundo o jornal Haaretz, os ataques israelenses deixaram tanto iranianos como sírios feridos.

    Na terça-feira (8), o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou a saída dos EUA do Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA, na sigla em inglês), intermediado pelas potências do P5 + 1 (China, França, Rússia, Reino Unido, EUA e Alemanha) em 2015.

    Além disso, Trump prometeu voltar a introduzir todas as sanções, que foram suspensas segundo o acordo.

    Tema:
    Israel e Irã trocam ataques aéreos (20)

    Mais:

    UE não pode salvar acordo com Irã depois da saída dos EUA, diz alto militar iraniano
    Forças israelenses dizem não estarem interessadas em conflito com o Irã
    Tags:
    conflito regional, ataque aéreo, Duma de Estado, Leonid Slutsky, Irã, Síria, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik