13:19 19 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente da Síria, Bashar Assad

    França não exige mais renúncia de Assad

    © Sputnik / Assessoria de imprensa de Bashar Assad
    Oriente Médio e África
    URL curta
    8160

    Paris não exige mais a renúncia incondicional do presidente sírio, Bashar Assad, assegurou Sylvie Bermann, embaixadora da França em Moscou.

    "Nós não vamos decidir pelo povo sírio, mas já não se trata mais de exigir a renúncia incondicional de Bashar Assad," disse a diplomata em entrevista aos jornalistas russos.

    Ao ser perguntada sobre os objetivos da França na Síria a embaixadora ressaltou que, em primeiro lugar, se trata "do combate ao terrorismo", um objetivo em que Paris coincide com Moscou, disse ela.

    "O segundo problema são os refugiados", acrescentou Bermann.

    A França espera que os sírios possam continuar a viver em seu país, e para isso "é necessária uma solução política".

    "As prioridades para a França são a garantia da assistência humanitária e a busca de uma solução política que inclua todos os lados do conflito sírio, bem como a não-utilização de armas químicas e, claro, a luta contra o terrorismo", resumiu Bermann

    Nessas questões "aparentemente não temos desentendimentos fundamentais com Moscou", disse ela.

    Mais:

    Base EUA-França na Síria? Coalizão estadunidense evita comentar possibilidade
    Macron diz que a França aumentará o apoio à Coalizão Internacional na Síria
    França favorece ONG islamita na Síria em detrimento de caridade cristã, reclamam ativistas
    Lavrov: EUA, França e Reino Unido bombardearam negociações de Genebra ao atacar Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik