06:18 25 Maio 2018
Ouvir Rádio
    O presidente da Palestina, Mahmoud Abbas

    Presidente palestino pede desculpas por declarações sobre o holocausto

    © AFP 2018 / ABBAS MOMANI
    Oriente Médio e África
    URL curta
    701

    O presidente palestino, Mahmoud Abbas, ofereceu um pedido de desculpas depois de ter sido acusado de antissemitismo em um discurso em que insinuou que a perseguição histórica aos judeus europeus foi motivada por sua conduta, e não por sua religião.

    "Se as pessoas ficaram ofendidas com a minha declaração […], especialmente pessoas da fé judaica, peço desculpas a elas. Gostaria de assegurar a todos que não era minha intenção fazê-lo e reiterar meu total respeito à Fé judaica, bem como outras religiões monoteístas ", disse o presidente palestino.

    Mahmoud Abbas disse que condenou o Holocausto e o classificou como "o crime mais hediondo da história", em um comunicado publicado por seu escritório em Ramallah após uma reunião do Conselho Nacional Palestino (PNC).

    O ministro da Defesa de Israel rejeitou o pedido de desculpas de Abbas, declaradamente dizendo que ele era "um miserável negador do Holocausto".

    "Mahmoud Abbas é um infeliz negador do Holocausto, que escreveu um doutorado em negação do Holocausto e depois também publicou um livro sobre a negação do Holocausto. É assim que ele deve ser tratado. Suas desculpas não são aceitas", escreveu Lieberman no Twitter.

    Em 30 de abril, Abbas afirmou que os judeus haviam sido torturados e assassinados na Europa por anos por causa de seu comportamento social e conexões para cobrar juros sobre empréstimos, e não por causa de sua religião. Além disso, o líder palestino expressou a opinião de que Israel era um projeto europeu desde o início.

    O discurso do líder palestino foi condenado por muitos governos europeus e pelos Estados Unidos, entre outros.

    Mais:

    Autoridade Palestina critica Hamas por protestos em Gaza e recebe elogio de Israel
    Rússia se oferece para intermediar diálogo de paz entre Israel e Palestina
    Conflito Israel-Palestina virar guerra religiosa seria a maior catástrofe na região
    Palestina exige que Hamas entregue Faixa de Gaza
    Palestina acusa Israel de usar herbicidas em Gaza
    Tags:
    Mahmoud Abbas, Palestina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik