23:14 17 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Soldados da Missão de Estabilização Integrada Multidimensional da ONU (MINUSCA) na República Centro-Africana

    Tiroteio entre tropas da ONU e rebeldes na República Centro Africana termina com 9 feridos

    © flickr.com/ United Nations Photo
    Oriente Médio e África
    URL curta
    5102

    Um grupo de militares de Portugal ligados à missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU) entrou em confronto com rebeldes do grupo Force na capital da República Centro Africana nesta terça-feira (1). O confronto resultou em nove feridos - todos eles do lado dos rebeldes.

    As informações são do Observador

    De acordo com informações do gabinete do Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, os rebeldes estavam atacando a igreja Notre Dame de Fátima e os militares portugueses interviram para proteger a população.

    O ataque teria sido motivado pela prisão de um integrante do grupo Force por parte dos capacetes azuis da ONU.

    Um dos rebeldes foi detido. 

    Mais:

    China é contra ações na Síria sem autorização do Conselho de Segurança da ONU
    Risco real: ONU alerta para a crescente ameaça do uso de armas nucleares
    Secretário exalta sanções e pede unidade da ONU pela desnuclearização norte-coreana
    ONU: Caminho está aberto para desnuclearização na Coreia do Norte
    Ataques dos EUA na Síria não ajudam a construir a paz, diz enviado da ONU
    Embaixador russo na ONU: Ocidente não está interessado na verdade sobre caso Skripal
    Tags:
    ONU, República Centro-Africana, Portugal
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik