07:30 15 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Dois aviões de guerra britânicos - Tornados - sobrevoam base aérea britânica de Akrotiri, localizada perto da cidade costal de Limassol, Chipre, ao voltar de um ataque aéreo contra alvos do Daesh na Síria

    Ataque aéreo da coalizão norte-americana na Síria deixa rastro de morte

    © AP Photo / Pavlos Vrionides
    Oriente Médio e África
    URL curta
    10416

    Pelo menos 25 pessoas morreram na Síria durante um ataque aéreo realizado pela coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos.

    Segundo a agência de notícias SANA, o incidente ocorreu na aldeia de Al Fadil, no subúrbio de Hasaka, no norte da Síria.

    "A coalizão dos EUA realizou um novo massacre contra os sírios, em resultado disso 25 civis morreram na aldeia de Al Fadil, nos arredores da cidade de Hasaka", revelou uma fonte da agência.

    Dezenas de civis ficaram feridos e várias casas foram danificadas, informou SANA.

    Desde março de 2011 Síria está mergulhada em uma guerra civil, na qual as tropas do governo são confrontadas por grupos armados de oposição e organizações terroristas como Daesh e Frente al-Nusra.

    A solução do conflito está sendo negociada em duas plataformas paralelas: a de Genebra, sob os auspícios da ONU, e a de Astana, com apoio da Rússia, Turquia e Irã.

    Mais:

    Síria: caças de Israel destroem depósito de armas com equipamentos do Irã
    Pentágono desvenda futuro das tropas norte-americanas na Síria
    Testemunho do garoto filmado durante 'ataque químico' na Síria abala toda a narrativa
    China está pronta para se tornar força motriz na reconstrução da Síria
    General venezuelano: Rússia está frustrando planos dos EUA de se aproveitar da Síria
    Lavrov: Rússia permanece aberta ao diálogo sobre Síria com Ocidente
    Tags:
    vítimas, civis, ataque aéreo, coalizão internacional, SANA, EUA, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik