15:58 21 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira da Agência Internacional de Energia Atômica em frente da sede da organização em Viena

    AIEA não encontra sinais de desenvolvimento de bomba nuclear no Irã após 2009

    © AFP 2018 / JOE KLAMAR
    Oriente Médio e África
    URL curta
    6111

    Nesta terça-feira (1), a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) assegurou em seu relatório que não dispõe de dados confiáveis sobre desenvolvimento de bomba nuclear no Irã após 2009.

    Um dia depois das afirmações israelenses sobre o suposto programa nuclear secreto do Irã, um porta-voz da AIEA afirmou que a organização "avaliou todas as informações disponíveis", embora não discuta publicamente as "questões relacionadas às ditas informações".

    Em um comunicado, o porta-voz da AIEA recordou algumas conclusões anteriores da agência atômica da ONU.

    Em particular, ele enfatizou que até 2003, existiam no Irã atividades relacionadas ao desenvolvimento de bomba nuclear, embora elas não tenham passado de estudos científicos e de viabilidade, bem como da "aquisição de certas competências e capacidades técnicas relevantes".

    No fim das contas, depois de o relatório da AIEA ter sido concluído em 2015, não havia provas confiáveis do desenvolvimento de bomba nuclear no Irã depois de 2009, o Conselho de Governadores da AIEA "declarou que suas considerações neste assunto foram encerradas", concluiu o porta-voz.

    Nesta segunda-feira (30), o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, apresentou os dados do alegado "dossiê nuclear" secreto do Irã, obtido por agentes do serviço de inteligência Mossad. Segundo o dossiê, o Irã possui um projeto nuclear militar, apelidado de "Projeto Amad".

    Por sua vez, Teerã desmentiu todas as acusações do premiê israelense, qualificando-as como "esgotadas, inúteis e vergonhosas".

    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik