20:42 22 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Premiê israelense, Benjamin Netanyahu, falando sobre o programa nuclear iraniano com mapa de provas no plano de fundo, Tel Aviv, 30 de abril

    Irã chama premiê israelense de 'mentiroso infame' sobre alegações nucleares

    © AFP 2018/ Jack GUEZ
    Oriente Médio e África
    URL curta
    16122

    Depois de Israel ter acusado o Irã do desenvolvimento do programa secreto de armas nucleares, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores iraniano classificou alegações como "esgotadas, inúteis e vergonhosas".

    Bahram Ghasemi chamou as acusações de Teerã estar mentindo sobre suas ambições nucleares de "esgotadas, inúteis e vergonhosas".

    "Netanyahu e o regime sionista notório, que mata crianças, deve ter percebido que as pessoas do mundo têm bastante consciência e conhecimento", adicionou.

    Na segunda-feira (30), Israel acusou o país persa de desenvolver um programa secreto de armas nucleares. Durante discurso, Netanyahu mostrou supostas provas do programa secreto iraniano chamado Amad, ou seja, de que República Islâmica do Irã estaria desenvolvendo um programa secreto de armamento nuclear.

    O premiê israelense declarou que Israel compartilhou informação do programa nuclear secreto do Irã com os serviços de inteligência dos EUA, e se mostrou confiante que Trump "tomará decisão correta" quanto ao abandono ou não do acordo com o Irã.

    Mais:

    Netanyahu promete anúncio 'dramático' sobre Irã
    'Se acabou o tempo de nos atacar e de fugir', diz líder supremo do Irã
    Premiê israelense: ambições nucleares do Irã representam 'o maior perigo'
    Tags:
    mentira, armas, segredo, programa nuclear, acusação, Benjamin Netanyahu, Israel, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik