14:54 17 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Lançamento de um míssil balístico pelo Irã

    Premiê israelense: ambições nucleares do Irã representam 'o maior perigo'

    © AP Photo / Amir Kholousi
    Oriente Médio e África
    URL curta
    1117

    Em uma conferência de imprensa conjunta com o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, em Tel Aviv, o premiê israelense, Benjamin Netanyahu, avisou sobre o perigo do programa nuclear iraniano.

    "As armas nucleares em mãos do Irã são o maior perigo. Aprecio a posição tomada pelo senhor e pelo seu presidente em relação a evitar que o Irã obtenha estas armas", afirmou o político se dirigindo a Pompeo, informa a agência Ynetnews.

    "Se alguém pensava que o Irã se moderaria depois do acordo nuclear, ocorreu o contrário", adicionou o primeiro-ministro.

    Netanyahu elogiou a administração dos EUA pela sua postura em relação a Teerã, pelo seu apoio e "esforço comum, que abrange muitos países".

    "O Irã deve ser detido. A sua busca de bombas nucleares deve ser detida. A sua agressão deve ser detida e somos obrigados a detê-la juntos", assinalou Netanyahu, acrescentando que "a maior ameaça para o mundo e para ambos os países é o 'casamento' do Islã militante com as armas nucleares, e especificamente a intenção do Irã de obter armas nucleares".

    Por sua vez, Mike Pompeo qualificou o Irã como uma "ameaça" para a região e chamou a conter o país por meio de novas sanções.

    Mais:

    EUA se dizem 'profundamente preocupados' com ambição do Irã em 'dominar o Oriente Médio'
    Pentágono faz alerta para 'provável conflito direto' entre Israel e Irã
    Israel: 80 mil 'extremistas' controlados por Irã operam na Síria
    Tags:
    acordo nuclear, ameaça, armas nucleares, Mike Pompeo, Benjamin Netanyahu, Irã, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik