05:49 25 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Cannabis

    Primeiro país na África: Zimbábue legaliza maconha para uso medicinal e científico

    CC0
    Oriente Médio e África
    URL curta
    140

    O Zimbábue é o primeiro país africano a legalizar a produção de maconha para fins de uso medicinal e científico, tornando assim a planta em uma fonte de receita.

    Uma nota publicada pelo governo através do Ministério da Saúde informou que indivíduos e empresas poderão solicitar licenças para cultivar maconha. Anteriormente esse tipo de ação poderia levar a até 12 anos de prisão.

    O uso recreativo da planta no país, no entanto, continua ilegal, de acordo com a agência Associated Press.

    A decisão, porém, é uma mudança importante da postura tradicionalmente dura em relação à maconha no país, que é considerado amplamente conservador.

    Em 2017, o Lesoto tornou-se o primeiro país na África a emitir uma licença para a maconha medicinal. Enquanto isso, países incluindo o Malawi e Gana estão explorando maneiras de legalizar a droga.

    Também em 2017, na África do Sul, foi determinado por um tribunal que o uso privado da maconha era legal, mas o governo recorreu.

    Mais:

    Estados Unidos estariam construindo nova base na África para 'ajudar países'
    África está se dividindo em duas partes? (FOTOS, VÍDEO)
    DNA humano mais antigo da África poderia mudar livros de história (FOTO)
    Próxima cúpula dos Brics será em julho na África do Sul
    Tags:
    legalização da maconha, maconha medicinal, maconha, África do Sul, Gana, Malawi, Lesoto, África, Zimbábue
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik