02:16 18 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Militar norte-americano na cidade de Manbij, Síria

    Síria e Iraque: Ataques liderados pelos EUA atingem 30 alvos terroristas

    © AP Photo/ Hussein Malla
    Oriente Médio e África
    URL curta
    253

    A coalizão liderada pelos Estados Unidos para combater o Daesh realizou 30 ataques no Iraque e na Síria na semana passada, disse a Força-Tarefa em um comunicado divulgado nesta sexta-feira (20).

    "Entre 13 de abril e 19 de abril, as forças militares da coalizão realizaram 30 ataques, consistindo em 47 abordagens na Síria e no Iraque", disse o comunicado.

    Na Síria, forças da coalizão realizaram 21 ataques contra alvos do Daesh perto de Al Bukamal e dois perto de Al Shadaddi. Esses ataques envolveram unidades táticas e posições de combate e destruíram prédios mantidos pela Daesh, uma fábrica de dispositivos explosivos improvisados e centros de comando e controle.

    No Iraque, a coalizão realizou 7 ataques contra alvos do Daesh perto de 5 cidades, incluindo Qaim e Tal Afar, acrescentou o comunicado. Os ataques envolveram unidades táticas e destruíram rotas de abastecimento, túneis, além de prédios mantidos pelo Daesh e uma fábrica de explosivos improvisados.

    A coalizão de mais de 70 membros liderada pelos EUA está conduzindo operações militares contra o Daesh na Síria e no Iraque. Os ataques da coalizão no Iraque são conduzidos em cooperação com autoridades iraquianas, mas as da Síria não são autorizadas pelo governo do presidente Bashar Assad ou pelo Conselho de Segurança da ONU.

    Mais:

    Rússia encontra provas do preparo de armas químicas em laboratório terrorista na Síria
    Força Aérea síria ataca posições dos terroristas ao sul de Damasco
    Por que EUA impedem acesso da OPAQ ao local do suposto ataque químico na Síria?
    Chanceler russo: EUA não cruzaram 'linhas vermelhas' na Síria
    EUA voltam atenções ao Talibã e jogam mais bombas no Afeganistão do que na Síria e Iraque
    Tags:
    Guerra da Síria, Daesh, Tal Afar, Qaim, Iraque, Síria, Estados Unidos, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik