21:43 20 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Avião da Força Aérea síria na base aérea da Síria na província de Homs, Síria, 21 de fevereiro de 2016

    Netanyahu coordenou ataque à base síria com Trump, diz mídia

    © Sputnik / Ilia Pitalev
    Oriente Médio e África
    URL curta
    7316

    Israel coordenou com antecedência o seu ataque ao aeródromo T-4 na província síria de Homs com Washington e os EUA aprovaram a iniciativa, escreveu o jornal norte-americano The Wall Street Journal, citando uma fonte.

    Como afirmou o interlocutor do jornal, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, "após negociações com [Donald] Trump], ordenou lançar um ataque contra uma bateria de defesa antiaérea [iraniana], que tinha chegado recentemente [à base síria], para que as forças iranianas não pudessem utilizá-la contra aviões israelenses".

    O WSJ sublinha que o sistema foi destruído antes de ser colocado em funcionamento. Além disso, as forças israelenses destruíram um hangar onde estavam deslocados drones utilizados pelos iranianos.

    Na noite para 9 de abril, caças F-15 de Israel lançaram oito mísseis contra a base síria T-4, na província de Homs, cinco dos quais foram interceptados e três atingiram seus alvos. Segundo informou a agência síria SANA, o bombardeiro causou a morte de 14 pessoas, das quais 7 eram militares iranianos.

    Mais:

    Forças Armadas sírias: base de Shayrat foi atacada por Israel
    Netanyahu alega que o terrorismo está 'sob os auspícios iranianos'
    Tags:
    mísseis, ataque, base, Benjamin Netanyahu, Donald Trump, Irã, EUA, Israel, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar