18:27 25 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Caças franceses Rafale preparam-se para decolar da base militar de Saint-Dizier (França) em 13 de abril de 2018

    Chancelaria francesa: objetivo na Síria foi atingido

    © REUTERS / ECPAD/Ministério da Defesa da França
    Oriente Médio e África
    URL curta
    EUA e aliados efetuam ataque de mísseis contra Síria (90)
    20319

    O ministro das Relações Exteriores da França afirmou que não haverá mais ataques contra a Síria, pois o objetivo principal já foi atingido.

    De acordo com o chefe da chancelaria francesa, Jean-Yves Le Drian, não há planos para realizar uma segunda fase de ataques aéreos contra a Síria, sendo que o país [França] já completou sua tarefa.

    "Não há primeira fase. Há só uma única fase. E o objetivo que foi determinado foi atingido. Os alvos foram identificados — eram as reservas ilegais de armas químicas que pertencem ao regime de Bashar Assad [presidente da Síria]. Esses alvos foram afetados", sublinhou o ministro ao canal de televisão BFMTV.

    Mais cedo, o Ministério da Defesa da França publicou um relatório em que assegura que o governo sírio tem mantido um programa de armas químicas clandestino desde 2013, ano em que o país foi obrigado a eliminar todas as suas reservas.

    Entretanto, o chanceler destacou que, se a "linha vermelha" for violada, uma nova intervenção poderia ter lugar.

    "Não obstante, acredito que esta lição foi aprendida", adicionou, referindo-se ao ataque aéreo contra Damasco.

    Na noite de sexta-feira (13) os Estados Unidos, Reino Unido e França realizaram ataques contra a Síria em resposta ao suposto ataque químico no subúrbio de Damasco de Douma, em Ghouta Oriental. Os países ocidentais culpam Damasco pelo incidente sem terem apresentado provas.

    O ataque foi realizado na véspera de uma investigação internacional na cidade afetada.

    Tema:
    EUA e aliados efetuam ataque de mísseis contra Síria (90)

    Mais:

    Reino Unido exibe aviões que atacaram Damasco nesta noite (FOTOS)
    Sistema de defesa antiaérea sírio interceptou 71 de 103 mísseis lançados pela coalizão
    Putin se pronuncia sobre ataques dos EUA na Síria e apela a reunião extraordinária na ONU
    Tags:
    ataque aéreo, Ministério das Relações Exteriores da França, Jean-Yves Le Drian, Síria, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik