17:59 24 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Secretário de Estado norte-americano James Mattis gestures durante a conferência de imprensa sobre a campanha contra o Daesh no Pentágono, Washington, 19 de maio de 2017

    Pentágono: ataque já acabou e visava 'infraestrutura de produção de armas químicas'

    © REUTERS / Yuri Gripas
    Oriente Médio e África
    URL curta
    EUA e aliados efetuam ataque de mísseis contra Síria (89)
    391032

    A operação, foi "especificamente associada" às instalações de pesquisa química e locais de armazenamento de produtos químicos, disse nesta sexta-feira o presidente do Estado-Maior Conjunto dos Estados Unidos, Joe Dunford. O ataque já acabou, segundo o Pentágono.

    Três principais locais relacionados à armas químicas foram alvos, bem como um centro de comando, de acordo com o representante das Forças Armadas norte-americanas. No total, 120 mísseis foram lançados. Cerca de duas vezes a mais, do que no ano passado, quando 59 mísseis Tomahawk atacaram o campo aéreo de Shayrat.

    As operações já foram concluídas. Novos ataques não devem ocorrer, a menos que Assad use armas químicas novamente, disse o chefe do Pentágono, Jim Mattis.

    Os alvos foram escolhidos com o objetivo de minimizar qualquer impacto sobre as forças russas, de acordo com Dunford.

    A linha de desconexão com a Rússia estava "ativa" nesta semana, e os EUA seguiram no uso normal das linhas de desconexão com a Rússia, assim como cumpriram o protocolo para a limpeza do espaço aéreo, disse o militar.

    "Esta onda de ataques acabou", disse Dunford. 

    Quando perguntado sobre quantos mísseis foram interceptados, Dunford disse simplesmente: "Eu não sei", antes de afirmar que o Comando Central dos EUA teria mais detalhes no fim de semana.

    Tema:
    EUA e aliados efetuam ataque de mísseis contra Síria (89)
    Tags:
    armas químicas, ataque aéreo, Pentágono, James Mattis, Joseph Dunford, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik