16:10 16 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Soldados russos em uma zona onde jornalistas estão à espera de um comboio regressando de Ghouta Oriental

    Mais de 40 mil terroristas com respectivas famílias foram evacuados de Ghouta Oriental

    © REUTERS/ OMAR SANADIKI
    Oriente Médio e África
    URL curta
    870

    Mais de 40 mil terroristas e membros de suas famílias foram evacuados das quatro localidades da Ghouta Oriental. Todos foram transferidos para Idlib, informou o comandante do Centro russo para reconciliação na Síria, o general-major Yuri Yevtushenko.

    Ele explicou que o Centro e a Polícia Militar do exército russo realizaram com sucesso a operação de oito dias para retirada de terroristas de Ghouta Oriental.

    "Nas localidades de Arbil, Dzhaubar, Ein Tarma e Zamalka foram evacuados 41.126 terroristas e membros de suas famílias. Todos eles, acompanhados por automóveis do serviço de segurança da República Árabe da Síria, das viaturas do Crescente Vermelho, bem como pelos soldados da Polícia Militar o exército da Rússia, foram encaminhados para a localidade de Qalaat al-Madiq, na zona de desescalada de Idlib", revelou Yevtushenko.

    O militar acrescentou que 34 reféns foram liberados das mãos dos grupos terroristas durante a operação de escala sem precedentes na região.

    Mais:

    Quase 144 mil pessoas deixaram Ghouta Oriental desde o início das pausas humanitárias
    Exército sírio acha minas e granadas de possível produção israelense em Ghouta Oriental
    Exército Sírio encontra vala comum com dezenas de civis mortos em Ghouta Oriental
    Mais de 9 mil terroristas deixaram Ghouta Oriental pelo corredor humanitário
    Tags:
    pausa humanitária, terroristas, centro russo para reconciliação na Síria, Yuri Yevtushenko, Ghouta Oriental, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik