17:59 21 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Palestinos gritam contra tropas israelenses durante protesto na Faixa de Gaza. Ao menos 15 pessoas foram mortas e 1.200 ficaram feridas.

    Dos 15 mortos por Israel em Gaza, 5 eram da ala militar do Hamas

    © REUTERS / Ibraheem Abu Mustafa
    Oriente Médio e África
    URL curta
    612

    O movimento Hamas divulgou neste sábado (31) que a lista de pessoas mortas nos recentes confrontos na fronteira entre Israel e a Faixa de Gaza inclui 5 pessoas da ala militar do movimento.

    Pelo menos 15 pessoas morreram e mais de 1.000 ficaram feridas no primeiro dia de um protesto que deve durar até 6 semanas em Gaza. Os manifestantes palestinos querem chamar a atenção para o problema de seus refugiados.

    "Afirmamos que 5 combatentes das Brigadas Izz ad-Din al-Qassam estavam entre os 15 palestinos mortos ontem nos confrontos com o Exército israelense na Faixa de Gaza", disse o comunicado do Hamas obtido pela Sputnik.

    O protesto palestino nomeado de "A Grande Marcha de Retorno" é dedicado ao chamado Dia da Terra em comemoração ao dia de 1976, quando tropas israelenses mataram 6 árabes que protestavam contra o confisco de terras. Em 15 de maio, os palestinos irão comemorar o Nakba, que significa desastre em árabe, quando centenas de milhares de palestinos foram desalojados após Israel anunciar sua independência em 1948.

    Mais:

    Sobe para 14 o número de palestinos mortos durante protesto em Gaza
    'Desproporcional': Turquia condena uso da força por Israel durante protestos em Gaza
    Moscou pede que israelenses e palestinos 'se contenham' após relatos de mortes em Gaza
    Tensão na Faixa de Gaza deixa 7 palestinos mortos e 500 feridos (FOTOS)
    Tags:
    conflito israel palestina, exército israelense, Hamas, Palestina, Faixa de Gaza, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik