00:06 25 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Civis deixando a região de Ghouta Oriental através de um corredor humanitário

    Quase 144 mil pessoas deixaram Ghouta Oriental desde o início das pausas humanitárias

    © Sputnik / Mikhail Alaeddin
    Oriente Médio e África
    URL curta
    580

    Cerca de 144 mil pessoas deixaram o subúrbio de Damasco, Ghouta Oriental, durante pausas humanitárias desde 27 de fevereiro, informou o chefe do Centro russo para a reconciliação na Síria, Yuri Yevtushenko.

    "No total, desde a entrada em vigor das pausas humanitárias em Ghouta Oriental, 143.801 pessoas foram evacuadas", disse o militar à Sputnik.

    Por ordem do presidente russo, Vladimir Putin, e com o objetivo de evitar vítimas entre a população civil, desde 27 de fevereiro na área de Ghouta Oriental foi introduzida uma pausa humanitária diária, além de terem sido abertos vários corredores humanitários. 

    As forças do governo sírio retomaram o controle de quase todo o leste de Ghouta, a última fortaleza rebelde próxima a Damasco, de acordo com relatos da mídia.

    Dentro de Ghouta Oriental, apenas a cidade de Duma ainda não se rendeu.

    Mais:

    Exército Sírio encontra vala comum com dezenas de civis mortos em Ghouta Oriental
    Mais de 9 mil terroristas deixaram Ghouta Oriental pelo corredor humanitário
    Mais de 1.700 civis foram mortos em Ghouta Oriental nas últimas semanas, diz ONU
    Exército sírio encontra túneis de terroristas em Ghouta Oriental (VÍDEO)
    Tags:
    pausa humanitária, centro russo para reconciliação na Síria, Yuri Yevtushenko, Ghouta Oriental, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik