03:34 18 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Situação na República Centro-Africana (arquivo)

    Rússia presta ajuda técnico-militar gratuita à República Centro-Africana

    © AP Photo / Jerome Delay
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4262

    Moscou está prestando ajuda técnico-militar gratuita à República Centro-Africana a pedido do presidente do país africano, comunicou a chancelaria russa.

    "A parte russa tomou a decisão de prestar a Bangui ajuda técnico-militar gratuita", diz o comunicado do ministério russo.

    Segundo a chancelaria, o Ministério da Defesa da Rússia entregou ao país africano no período entre fim de janeiro e início de fevereiro uma remessa de armas de fogo e munições com autorização do Conselho de Segurança da ONU.

    Além disso, Moscou enviou à República Centro-Africana cinco instrutores russos militares e 170 civis para treinamento militar, adianta a chancelaria.

    "A ajuda em questão é oferecida em estrita conformidade com os requerimentos do regime de sanções do Conselho de Segurança da ONU para este país", detalha o comunicado.

    Destaca-se também que a assistência russa faz parte dos esforços da comunidade internacional que visam fortalecer estruturas militares da República Centro-Africana para garantia de segurança e ordem e finalmente regulação do conflito armado interno.

    Moscou também saudou o curso político tomado pelo presidente Faustin-Archange Touadéra que tem por objetivo acabar com conflitos religiosos e étnicos, bem como recuperação do poder estatal em todo o território do país.

    A República Centro-Africana é antiga colônia da França, sendo atualmente um dos países mais pobres do mundo. Em março de 2013, o poder no país foi tomado pela coalizão muçulmana de oposição Seleka após ter derrubado o presidente cristão François Bozizé. Em 2016, no país decorreram as eleições presidenciais vencidas por Faustin-Archange Touadéra, mas a situação humanitária e de segurança no país continua instável.

    Mais:

    Fazendo o francês grande de novo: Macron olha para a África
    Única mulher presidente na África renuncia após denúncias de improbidade
    Tags:
    ajuda militar, cooperação, Ministério das Relações Exteriores da Rússia, República Centro-Africana, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik