22:57 16 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira de Israel

    Suspeito de contrabando de armas, funcionário do consulado francês em Israel é detido

    © Sputnik / Vladimir Astapkovich
    Oriente Médio e África
    URL curta
    215

    Um funcionário do consulado francês em Jerusalém foi preso há algumas semanas pelas autoridades israelenses e comparecerá no tribunal por uma questão de "segurança", disseram fontes próximas ao caso ouvidas pela agência AFP.

    O suspeito tem cerca de 20 anos e será ouvido em uma corte na região sul de Israel na segunda-feira (19). As acusações contra ele são "sérias", afirma fonte anônima, e envolvem tráfico de armas. 

    Ele foi detido enquanto atravessava a fronteira entre Israel e a Faixa de Gaza, que é governada pelo movimento político palestino Hamas, considerada por Israel como um movimento terrorista. 

    O suspeito foi motorista do consulado francês e fazia viagens frequentes entre Jerusalém e a Faixa de Gaza.

    "Levamos este caso muito a sério e estamos em contato com as autoridades israelenses", disse um porta-voz da embaixada da França em Tel Aviv.

    O Ministério das Relações Exteriores de Israel, o ministério da Justiça, a agência de inteligência e a polícia não quiseram comentar o caso.

    Em 2013, um funcionário do consulado francês foi detido depois de tentar usar um veículo oficial para contrabandear uma grande quantidade de ouro, tabaco e cheques de Israel para a Jordânia.

    Mais:

    Pressionada por Israel, República Tcheca considera mudar embaixada para Jerusalém
    Israel destrói 2 túneis ofensivos do Hamas
    Israel ataca Faixa de Gaza após explosões na área fronteiriça
    Netanyahu revela principais ameaças para Israel
    Mais violência: exército de Israel mata palestino em confronto na Cisjordânia
    Milhares de militares estadunidenses aprendem como defender Israel de mísseis
    Quais são as razões reais dos ataques aéreos de Israel contra Síria?
    Palestina acusa Israel de usar herbicidas em Gaza
    Tags:
    Jordânia, França, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik