11:37 17 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, à esquerda, e o presidente da Comissão da União Africa, Moussa Faki Mahamat, apertam as mãos após encontro na sexta-feira, 9 de março de 2018, na capital da Eitópia e sede da União Africana, em Addis Ababa.

    Rússia e União Africana anunciam cooperação anti-terrorismo

    © AP Photo / Mulugeta Ayene
    Oriente Médio e África
    URL curta
    2111

    A Rússia e a União Africana concordaram em intensificar a cooperação na luta contra o terrorismo. A informação foi divulgada por meio de comunicado conjunto assinado pelo ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e o presidente da Comissão da União Africana, Moussa Faki Mahamat.

    O comunicado divulgado à imprensa nesta sexta-feira (9) informa que:

    "Os lados concordaram em intensificar a cooperação na luta contra o terrorismo, contra o tráfico de drogas e o crime organizado através do intercâmbio de experiências, informações e capacitação no âmbito da cooperação entre as agências relevantes", diz o documento, conforme divulgado pelo site do Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

    Além disso, o lado russo confirmou a prontidão para fornecer à União Africana uma lista de terroristas estrangeiros que ajudarão os Estados membros da União Africana na luta contra o terrorismo.

    Lavrov também expressou o interesse da Rússia em obter o status de observador no Mecanismo de Cooperação Policial da União Africana (AFRIPOL, na sigla em inglês).

    A União Africana reúne todos os 54 países da África e é umas das maiores organizações continentais do mundo. Um de seus maiores desafios tem sido a luta contra organizações teorristas em países como a Nigéria, a Somália, a Líbia e o Sudão do Sul.

    Mais:

    Combate à corrupção será tema da próxima cúpula da União Africana
    Rússia começará em breve produção em massa de fuzil subaquático
    Pentágono revela quando Rússia superará poder dos EUA na Europa
    Sanções dos EUA podem custar até US$ 4 bilhões à Rússia, diz porta-voz
    Tags:
    cooperação estratégica, terrorismo, União Africana, Sergei Lavrov, Sudão do Sul, Somália, Líbia, Nigéria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik