23:13 03 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    111
    Nos siga no

    O embaixador da França na região do Sahel, na África Ocidental, Jean-Marc Châtaigner, confirmou que o "ataque terrorista" atingiu a capital burkinesa depois da explosão no Estado-Maior do exército do país africano, e testemunhas relataram que viram homens mascarados entrando no edifício.

    Por enquanto, não é clara a razão da explosão, mas testemunhas disseram que ouviram tiros antes da explosão e que o edifício estava em chamas, segundo a Reuters.

    De acordo com testemunhas, cinco pessoas armadas saíram do carro e abriram fogo antes de se dirigir à embaixada francesa. Outros disseram que ocorreu uma explosão perto do Estado-Maior do exército burkinês.

    URGENTE: Estado-Maior é atacado simultaneamente com explosão perto do edifício governamental

    Estado-Maior e alguns campos militares são atacados em Ouagadougou neste momento. Tiros estão sendo ouvidos na cidade. Imagens mostram fumaça que sai do Estado-Maior.

    A Embaixada francesa anunciou o ataque no Twitter e pediu às pessoas para ficarem em casa:

    Burkina Faso, bem como outros países da África Ocidental, esporadicamente tornam-se alvos dos grupos jihadistas operando por toda a região de Sahel.

    Mais:

    Soldados franceses morrem em explosão no Mali
    Explosão atinge oleoduto que vai em direção a um porto da Líbia, diz mídia
    Ataque com homem-bomba deixa 12 mortos na Nigéria
    Tags:
    homem armado, explosão, ataque, embaixada, França, Burkina Faso
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar