16:30 21 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Combatentes do Talibã (foto de arquivo)

    Talibã não responde Afeganistão sobre acordo de paz: 'Mesma fórmula adotada pela América'

    © AP Photo / Allauddin Khan
    Oriente Médio e África
    URL curta
    150

    O Talibã tratou com frieza nesta quinta-feira (1) a proposta do presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, que ofereceu um pacto para reconhecer o grupo como um partido legítimo no país.

    O movimento não deu nenhuma resposta formal ao convite de Ghani de formar uma plataforma de conversas para colocar fim a mais de 16 anos de guerra no país.

    No entanto, o principal porta-voz do grupo respondeu a uma "Carta Aberta" publicada na edição desta semana da revista New Yorker escrita pelo comentarista de política afegã, Barnett Rubin, que incentivou o Talibã a aceitar sentar na mesa de negociações com o governo de Cabul.

    "Nosso país foi ocupado, o que levou à imposição de um suposto governo afegão de estilo norte-americano sobre nós", disse a resposta do Taliban.

    "E sua ideia de conversarmos com eles e aceitarmos sua legitimidade é a mesma fórmula adotada pela América para vencer a guerra", disse, acrescentando que o Processo de Cabul almeja simplesmente a "rendição" do Taliban.

    Mais:

    Afeganistão oferece reconhecer Talibã como grupo político
    Lituânia envia forças especiais para o Afeganistão
    China, EUA e Rússia podem decidir o futuro do Afeganistão no Uzbequistão
    Humans Right Watch acusa Afeganistão de matar civis
    Tags:
    acordo de paz, Talibã, Ashraf Ghani, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik