13:09 24 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Caça russo de quinta generação Su-57

    Mais 2 caças Su-57 russos teriam chegado à Síria (FOTO)

    © Sputnik / Ramil Sitdikov
    Oriente Médio e África
    URL curta
    17543

    Mais dois caças Su-57 de quinta geração chegaram à base russa em Hmeymim, na Síria, onde agora estão quatro aviões deste tipo, informa a Sputnik, citando a mídia local.

    "Novas fotos mostrando mais dois caças Su-57 russos, acompanhados por aviões Su-30SM da Força Aérea da Rússia, aterrissando hoje na base da Força Aérea russa em Hmeymim ", comentou o blogueiro sírio-libanês Wael Al Hussaini no Twitter.

    Na quinta-feira (22), a mídia, referindo-se a supostos foto e vídeos também postados por Hussaini, comunicou que dois caças russos Su-57 tinham aterrissado na Síria. O Ministério da Defesa russo ainda não confirmou as informações.

    O deputado russo especializado no setor de defesa, Vladimir Gutenev, afirmou que o envio de dois aviões inovadores russos na Síria poderá servir como elemento de dissuasão "para os aviões dos países fronteiriços, que entram periodicamente no espaço aéreo do país árabe".

    O analista militar Vasily Kashin, por sua vez, opinou em entrevista ao jornal The National Interest que o objetivo principal dos Su-57 na Síria é testar os radares em condições parecidas com as reais.

    "Os aviões podem realizar ataques durante voos de combate, mas não é o seu objetivo principal. A Força Aeroespacial da Rússia terá a oportunidade de testar os radares, vigiando os aviões de outros países", disse o especialista.

    Kashin duvida que o possível deslocamento de aeronaves Su-57 para a base de Hmeymim tenha motivos políticos. Segundo ele, Moscou se focará em obter maior experiência possível do uso dos aviões que no momento estão passando por testes de combate e exploração. Depois disso, os protótipos de Su-57 podem ser modificados.

    O Su-57(PAK FA — Complexo Aéreo Promissor da Aviação Tática) é um caça multifuncional russo de quinta geração. O avião deve substituir o Su-27. Está previsto que até 2020 os militares russos recebam 55 caças deste tipo. A primeira série de aeronaves Su-57 está prevista ser entregue em 2019.

    Mais:

    Alemanha e França condenam ataques contra Embaixada da Rússia na Síria
    O que a grande mídia não irá te dizer sobre Ghouta Oriental na Síria
    Tags:
    caças russos, base aérea, Su-57, Vasily Kashin, Hmeymim, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik