02:32 20 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Lançamento de um míssil balístico pelo Irã

    Oficial iraniano: Teerã pode destruir Tel Aviv antes que Netanyahu possa fugir

    © AP Photo / Amir Kholousi
    Oriente Médio e África
    URL curta
    29398

    Capital de Israel, Tel Aviv será lançada "ao chão" por um ataque de retaliação imediato se Benjamin Netanyahu cumprir a sua ameaça de atacar a República Islâmica do Irã, ameaçou um político iraniano.

    Segurando um pedaço de um drone iraniano, supostamente derrubado no norte de Israel na semana passada, o primeiro-ministro israelense advertiu Teerã contra testar a resolução de Israel.

    Netanyahu discursa durante a Conferência de Segurança de Munique, em 18 de fevereiro de 2018
    © REUTERS / Lennart Preiss/MSC Munich Security Conference/Handout

    "Nós agiremos sem hesitação para nos defendermos. E agiremos, se necessário, não apenas contra representantes do Irã que nos estão atacando, mas contra o próprio Irã", disse Netanyahu na Conferência de Segurança de Munique, depois que as forças israelenses realizaram uma enorme invasão na Síria atacar alvos iranianos.

    A ameaça parece ter atingido um nervo em Teerã. O político conservador iraniano, Mohsen Rezaee, que também é secretário do Conselho do Discernimento da Inteligência, advertiu que a República Islâmica está pronta para retaliar e atacar Tel Aviv antes que o primeiro-ministro israelense tenha a chance de fugir da capital.

    "Sobre as palavras imprudentes de Netanyahu, devo dizer que, se levantarem o menor movimento imprudente contra o Irã, nivelaremos Tel Aviv ao chão e não daremos nenhuma chance a Netanyahu de fugir", afirmou Rezaee ao canal de notícias al-Manar na segunda-feira, de acordo com a agência de notícias Fars. "Os líderes norte-americanos e israelenses não conhecem o Irã e não entendem o poder da resistência e, portanto, continuam enfrentando a derrota".

    Tel Aviv advertiu repetidamente o Irã contra a intromissão em assuntos israelenses, fornecendo mísseis avançados para o grupo xiita libanês Hezbollah. Israel também permanece muito preocupado com a posição do Irã na Síria.

    Netanyahu, que se referiu ao importante acordo nuclear entre o Irã e seis potências mundiais como um "erro histórico" e uma ameaça para a sobrevivência de Israel, também continua argumentando que o acordo é falho e permite ao Irã potencialmente produzir centenas de armas nucleares que podem atacar Israel.

    Mais:

    Lavrov: Moscou não aceitará declarações do Irã que exigem destruir Israel
    Ministro do Irã provoca Israel e nega que Teerã queira dominar o Golfo Pérsico
    Para ex-secretário de Estado norte-americano, sem acordo com Irã o mundo ficaria pior
    Tags:
    defesa, violência, ameaça militar, conflito, guerra, segurança, Hezbollah, Mohsen Rezaee, Benjamin Netanyahu, Tel Aviv, Teerã, Irã, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik