20:02 17 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0200
    Nos siga no

    Durante a operação antiterrorista na Síria, a Marinha da Rússia lançou mais de 100 mísseis de cruzeiro contra as posições do Daesh (organização terrorista proibida em vários países, incluindo na Rússia) e realizou mais de 400 voos de combate.

    Todos os dados são confirmados pelo comandante-chefe da Marinha de Guerra russa, almirante Vladimir Korolev.

    "Nossa marinha adquiriu uma valiosa experiência prática na luta contra grupos terroristas no território da Síria, lançando contra o Daesh mais de 100 mísseis de cruzeiro e realizando mais de 400 voos de combate, atingindo mais de 1.250 alvos das formações armadas durante as ações do grupo de ataque de porta-aviões no Mediterrâneo", afirmou ele ao jornal Krasnaya Zvezda.

    O atual presidente da França, Emmanuel Macron
    © REUTERS / Gonzalo Fuentes
    A Marinha russa patrulha regularmente áreas problemáticas para garantir a segurança de navegação. De acordo com o comandante, os navios do país também tomam medidas eficazes para reduzir a ameaça da pirataria marítima no Golfo de Áden e Corno de África.

    "Só nos últimos cinco anos foram construídos 64 navios de guerra e outras embarcações para a Marinha, inclusive três submarinos de mísseis estratégicos, sete submarinos multifuncionais, 14 navios de superfície e 39 lanchas de combate", comunicou.

    Além disso, afirmou, os navios russos "ainda fazem descobrimentos geográficos explorando as ilhas do norte e do Extremo Oriente e também os mares adjacentes à Antártida".

    Mais:

    'Vitória está onde estamos': fuzileiros da Marinha russa em ação (VÍDEO)
    Navios da Marinha russa lançam 4 mísseis Kalibr contra Daesh
    Marinha russa envia mais navios de guerra ao Mediterrâneo
    Marinha russa receberá em 2018 submarino armado com mísseis Kalibr
    Defesa antissabotagem é instalada na base da Marinha russa em Tartus na Síria
    Tags:
    Rússia, Síria, Marinha da Rússia, Daesh, operação militar, combate ao terrorismo, mísseis de cruzeiro, voos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar